O que deve saber sobre o mercado imobiliário
Voltar \ Quais são as seis divisões-chave na decoração da casa em 2021

Quais são as seis divisões-chave na decoração da casa em 2021

22 abr 2021
Quais são as seis divisões-chave na decoração da casa em 2021
Há uma vida depois da pandemia, e isso nota-se também na decoração da sua casa.
Em 2021, adapte o seu lar às suas novas necessidades, seguindo as tendências.

Na maioria das casas impera agora o surgimento de escritórios e o aproveitamento das zonas exteriores que resultam de uma pandemia à escala global, alterando os nossos hábitos domésticos.
Essas alterações foram decisivas para delinear as tendências de decoração para 2021. 
As tendências de decoração para 2021 refletem tudo o que foi vivido em 2020 e antecipam uma nova vida, mais simples, mas também mais segura e sustentável.

Assim sendo, as plantas voltam a entrar em força dentro de casa, as casas de banho merecem uma atenção inédita, as cozinhas voltam a ser um território central e os escritórios passam a ser uma divisão indispensável.
Nesse sentido, vários especialistas em decoração e elaboraram uma lista das divisões da casa que são consideradas as seis divisões-chave da casa em 2021, e respetiva decoração. 

Sala de jantar

Em 2021, a tendência aponta, por isso, para a funcionalidade dos móveis. Acima de tudo, o estilo escolhido para a sua decoração não pode prejudicar a circulação. Resolvida a funcionalidade, aposte em peças e cores exuberantes. Tudo na sua sala de jantar deve convocar a festa, a alegria e o convívio. A peça chave da sala de jantar em 2021 é o carrinho de bebidas

Cozinha

A cozinha irá voltar a deixar de ser apenas o lugar onde se confeciona refeições e lava a louça, para ser um espaço de convívio social. A grande tendência recai sobre os tons vintage, como o azul turquesa, azul petróleo, verde menta, rosa bebé, cinza ou amarelo. O que não poderá esquecer é a qualidade das cadeiras, alerta a imobiliária. Para uma cozinha que se quer de convívio, essa é a peça de mobiliário fundamental. Este ano, as cozinhas são monocromáticas.

Quarto de casal

A ideia é retirar o máximo partido das diferentes texturas usadas nas mantas, nas cortinas ou no papel de parede. E dar largas à imaginação em cenários que todos os dias devolvam o merecido descanso. Desta forma, voltam a estar na moda móveis tão antigos como as camas de dossel, surgidas no tempo da monarquia, os candeeiros de teto cheios de cristais ou os tapetes de grandes dimensões. 

Casa de banho

Quer seja o WC de uma suite ou a casa de banho de serviço, invista em móveis claros e num cenário o mais despido possível. Não se preocupe em criar contrastes, a tendência aponta para uma tonalidade única. Sirva-se dos materiais e não das cores para dar o seu toque pessoal.

Escritório

Pode ser maior ou mais pequeno, mais improvisado ou mais tradicional, mas não vai poder faltar, afirma a ENTREPORTAS. Aliás, se estiver a pensar comprar casa nova este ano, não deixe de ter em conta o escritório. Com o seu novo estatuto, um bom escritório depende de três variáveis fundamentais: iluminação (de preferência, natural), conforto e capacidade de organização.

O ar livre não pode deixar de faltar

Saliente-se que o ar livre não é uma divisão da casa, não faz parte dos metros quadrados adquiridos, mas integra a qualidade e a valorização do seu imóvel, e sobretudo a qualidade da sua saúde física e mental. Se só puder investir num imóvel em 2021, que seja numa casa que contemple esta possibilidade.

Fonte noticia - CASAAOMINUTO
Veja Também